PERSONAGEM

Surf shop de Florianópolis reforçou vendas online e inaugurou serviço de delivery na pandemia

Sem atendimento presencial, o negócio apostou no meio virtual para divulgar promoções e realizar vendas

 

Com três lojas abertas durante a temporada de verão e as expectativas de boa movimentação de turistas uruguaios na semana dos feriados de abril, o Bazar do Surf precisou se adaptar à nova realidade imposta pela pandemia do novo coronavírus. De portas fechadas, o negócio realizou atendimento on-line, ofereceu serviço de entrega e planeja a criação de um site para venda dos produtos.

O surf faz parte da rotina da família da Danielli Sampaio Napolitano. Com o marido e as filhas, eles costumam praticar a atividade pelas praias da ilha, principalmente na Barra da Lagoa. O interesse pelo esporte deixou de ser apenas hobbie e virou negócio. Ela e o marido, Alexandre, abriram uma loja com acessórios e roupas de surf com preços mais acessíveis. Prestes a completar 15 anos, o Bazar do Surf atende na Lagoa da Conceição e na Barra da Lagoa, que ganha uma loja extra na temporada de verão.
Entretanto, em março o negócio precisou fechar as portas para se adequar às medidas de proteção contra o novo coronavírus. Danielli conta que no mês em que ficaram fechados eles precisaram se organizar para seguir trabalhando e a pandemia atrapalhou o faturamento, deixando os rendimentos abaixo do planejado. Para se adequar ao período, o negócio passou a oferecer o serviço de delivery em Florianópolis, com entrega gratuita no leste da ilha. Também intensificaram as vendas por WhatsApp, pouco usado para essa finalidade anteriormente, com opção de entrega por Correios para outras localidades. As redes sociais como Instagram ajudam para divulgar peças, promoções e informar sobre os serviços na pandemia.
Para lidar com o cenário de crise, ela e o marido têm pesquisado sobre cursos e participando de palestras virtuais, como os webinars oferecidos pelo Sebrae/SC. “Neste momento, toda informação ajuda, da ideias e esclarece muita coisa”, comenta. Como próximos passos, eles pretendem lançar o site do Bazar do Surf com loja virtual, ideia que foi antecipada por causa da pandemia.