PERSONAGEM

Rede de procedimentos estéticos realiza atendimento online antes do presencial em meio à pandemia

Empreendimento localizado em Florianópolis teve alta procura após reabrir as portas

 

Há pouco mais de um mês da reabertura do comércio de rua para alguns setores da economia em Florianópolis, a rede de procedimentos estéticos faciais Phi Concept teve aumento na procura pelos serviços. Para evitar a propagação da Covid-19, o empreendimento voltou a atuar com restrições e passou a fazer avaliações online antes de realizar os procedimentos de forma presencial.

Com diversas opções de tratamentos estéticos, como a aplicação de botox, que teve alta procura no retorno das atividades, a Phi Concept atende os clientes e nota a importância da autoestima também no período de distanciamento.  “O conceito de estética está cada vez mais presente e associado à saúde, havendo uma relação direta entre aparência e autoestima que tem se mostrado uma grande aliada da vida saudável. Regiões onde houve flexibilização do isolamento tiveram uma procura considerável por serviços de estética, evidenciando como é importante estarmos de bem com o que vemos”, explica Andréia Noll, biomédica especialista em estética e responsável técnica da Phi Concept.

Antes da crise do coronavírus, a marca já adotava o modelo de atendimento personalizado, sem recepcionista e com a relação direta entre os clientes atendidos e os profissionais habilitados. Desde o início da pandemia, a Phi Concept passou a disponibilizar atendimento de maneira virtual, com uma avaliação gratuita que indica uma opção de tratamento a ser realizado posteriormente na unidade.

Com o Sebrae/SC, a Phi Concept participou no ano passado do Programa Conecta Comércio, de uma parceria com a CDL, que visa fortalecer e acelerar o movimento varejista em Florianópolis. O projeto proporciona uma consultoria e assessoria num período de 12 meses com 135 horas de consultoria individual, o que contribuiu para o desenvolvimento da empresa. “Tivemos uma missão empresarial para São Paulo no ano passado e agora em janeiro participamos da NRF em Nova Iorque. Nos preparamos ao longo de 2019 para desenvolver tecnologia dentro do nosso negócio”, pontua Richard, CEO da marca.

O gestor do programa Conecta Comércio no Sebrae/SC, Carlos Kinchescki, lembra a relevância do programa. “Ver o sucesso da Phi Concept nos dá certeza da importância desse trabalhado realizado em parceria com o CDL. Nosso objetivo é estimular o desenvolvimento e a inovação das pequenas empresas, promovendo também um intercâmbio de conhecimento que permita o acesso a novos mercados. O case da Phi Concept nos prova que atingimos o objetivo”, comenta.