Loja de artigos esportivos investe na comunicação pelas redes sociais

Inovar os processos internos e otimizar o atendimento online pelas redes sociais são os motivos que incentivaram a empresa Megazam Moda Sport, de Xanxerê, no oeste catarinense, a participar do programa Agentes Locais de Inovação (ALI), do Sebrae/SC.

 

 As medidas necessárias antes da pandemia da covid-19 se tornaram indispensáveis e urgentes em função dos reflexos econômicos desta crise sanitária.

A empresa tem como lema a excelência no atendimento presencial e um de seus diferenciais são as orientações, proporcionando segurança e conforto nas escolhas dos produtos para que realmente se adequem às necessidades dos clientes. Porém, nas vendas online a Megazam Moda Sport precisava definir processos para aumentar a efetivação das compras.

“O programa ALI auxiliou na organização das ideias e para acelerar a implementação do processo. Com as medidas instituídas temos resultados positivos, pois profissionalizou nosso atendimento online pelo Instagram, Facebook e WhatsApp e melhorou nosso cuidado com esse canal de atendimento, que nos últimos meses vem sendo mais importante ainda”, relata o gerente da loja Giliard Grigolo, que atua há 10 anos nesta rede de lojas.

Com a pandemia do novo coronavírus a demanda do atendimento online na loja cresceu consideravelmente. “Implantamos a inovação para realizar um atendimento padronizado. Para isso estabelecemos processos para melhorar essa assistência virtual e criamos uma frase modelo para identificar a preferência do cliente para visualizar os produtos a partir de quatro opções: fotografia, áudio e fotografia, vídeo e vídeo chamada”, relata. As outras redes sociais – Instagram e Facebook - canalizam e direcionam o atendimento para o WhatsApp com a intenção de controle e padrão no atendimento.

De acordo com Grigolo, o Programa ALI auxilia os participantes a terem clareza sobre os anseios de seu público-alvo tanto do que esperam na prestação do serviço quanto no posicionamento da marca. “As metodologias estão contribuindo na efetivação das ações para obtermos níveis mais altos de satisfação nos atendimentos online, que antes não eram observados com tanto cuidado. Então, a iniciativa auxilia nesse processo de melhoria, contribuindo também para sermos mais assertivos em nossas publicações”, avalia.

AMPLIANDO RESULTADOS

O grupo de varejo está no mercado há mais de 20 anos e tem lojas nos municípios de Concórdia (duas unidades e a matriz) e Xanxerê (uma unidade, em atividade há três anos). Os estabelecimentos comerciais dispõem de linha completa de artigos esportivos, fardamentos, calçados, moda esporte e casual.

Conforme a bolsista pelo CNPQ, Aline Pompermayer - que acompanha a implantação das metodologias do programa da empresa - os resultados obtidos na loja em Xanxerê têm motivado adaptações nas demais lojas do grupo. “As ferramentas apresentadas durante as consultorias são repassadas ao diretor que avalia a necessidade de implantação nos demais estabelecimentos, como o MPV (Produto Mínimo Viável) que foi testado e aprovado pela unidade de Xanxerê”, enaltece.

PROGRAMA ALI

O programa visa auxiliar os pequenos negócios na geração de novos produtos e serviços e/ou novos modelos de negócios, de maneira que essas empresas possam se destacar em sua área de inovação.  A analista técnica do Sebrae/SC, Marieli Aline Musskopf, salienta que grande parte dos empresários envolvidos com pequenos negócios acredita que inovar exige custos elevados e equipes maiores. “Com essa iniciativa mostramos na prática que inovar é possível e necessário para qualquer empresa, independentemente do seu porte e sua estrutura”, finaliza ao destacar que o serviço é gratuito.